ia – IA Programa de Residência Artística 2022 2o semestre - Conteúdo - MOSTRA TEMPO

MOSTRA/IA Programa 04: #TEMPO

É o tempo um corpo que se percorre rio?

Dizem que o tempo é poeira, que corre e escorre feito rio ou água, que é fio, que flui em ritmos variados. Dizem por aí que se desdobra, mas que não pode ser dobrado. Será?

Nestas “Paisagens impermanentes”, mostra lançada na live “Conversas entrelaçadas” do dia 11 de novembro, as pessoas artistas residentes do quarto e último Programa de Residência Artística 2022 do IA – Instituto de Arte Contemporânea de Ouro Preto, arraigado da palavra #TEMPO, fazem um convite a percorrer rastros que levam à perda das noções do próprio tempo e de espaço para o encontro do que se esquece.

Em tempo, apresentamos nossas pessoas artistas: o membro do Coletivo de Arte Negra e Indígena (CARNI) e produtor cultural Abiniel João Nascimento, Bruno Novaes, que tem obras que compõem o acervo do Museu da Diversidade Sexual de São Paulo, Charlene Bicalho, que trabalha com interven[ação], a mulher, mãe, artista visual e podcaster Nita Monteiro, o polímata e descendente dos indígenas uchinanchus Shima e Xikão Xikão, que se interessa pelas autoimagens.

Antes, após, durante, através, por buracos de minhoca ou fendas submarinas, sugerimos um retorno, que é sempre uma visita inaugural, às mostras das residências anteriores:

Programa 01 #Extinção: "O que não pode ser nomeado não pode ser extinto"

Programa 02 #Ofício: "Canteiro Comum"

Programa 03 #Cuidado: “Parecia distraída, mas cuidava no que perseguia”

O Projeto é idealizado pelo IA - Instituto de Arte Contemporânea de Ouro Preto, realizado pela Secretaria Especial da Cultura e pelo Ministério do Turismo, conta com recursos da Lei Federal de Incentivo à Cultura e patrocínio da Gerdau.