ia – IA Programa de Residência Artística 2022 2o semestre - Residente Nita Monteiro

Nita Monteiro

Residente do Programa de Residência Artística do IA - Instituto de Arte Contemporânea de Ouro Preto
2º semestre, ano 2022
Programa 04 | Tempo

Artista Nita Monteiro

Mulher, mãe, artista visual e podcaster. Passou a infância em Angra dos Reis e mudou-se para São Paulo aos dezessete anos, onde vive e trabalha até hoje. Bacharel em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo, foi durante a graduação que teve contato com diversos profissionais da arte, como o curador Agnaldo Farias, que também orientou seu projeto de iniciação científica sobre intervenção urbana e memória no Arte/Cidade I, II e III. Na mesma universidade, cursou disciplinas nos cursos de Artes Visuais e de Design, além de fazer aulas no ateliê de gravura da artista Kika Levy. Ainda nesse período, estagiou no Museu de Arte Contemporânea da USP, no cargo de assistente de curadoria de Cristina Freire - trabalhando com o acervo de arte latino-americana e engendrando a exposição Vizinhos Distantes -, além de participar do grupo de estudos sobre arte conceitual da instituição.

Mais tarde, fez aulas livreswq de desenho e gravura no Art Student League, em Nova York, oportunidade em que teve seu primeiro contato com grandes museus da cidade e com obras que são, até hoje, importantes referências para sua produção.

De volta ao Brasil, trabalhou na Galeria Bergamin & Gomide, colaborando com exposições e feiras nacionais e internacionais, como Art Basel, Art Basel Miami Beach e TEFAF.

Enquanto artista visual, investiga a presença de materiais envolvidos com a dimensão doméstica, afetiva e cotidiana. Baseia-se nos saberes ancestrais e populares, assim como nos trabalhos manuais feitos, em grande parte, por mãos femininas. Predomina, no conjunto de sua obra, o elemento têxtil e sua potencialidade narrativa, como uma forma de ficcionalização da vida.

Com a escolha de focar exclusivamente em seu trabalho artístico, fez parte do coletivo Vozes Agudas, um grupo de estudos e intervenções com foco em arte e feminismo, ligado ao Ateliê 397. Participou de cursos em diversas instituições, como MASP, MAM-SP e Museu Lasar Segall, e do grupo de orientação artística com a curadora Ana Paula Cohen e o artista Thiago Honório. Atualmente, faz parte do grupo de acompanhamento feminista para artistas, coordenado pela curadora Talita Trizoli. Em 2022, foi selecionada para o Salão de Artes Visuais de Vinhedo.


caminhos percorridos

Conheça um pouco da trajetória artística em imagens selecionadas por Nita Monteiro.

O Projeto é idealizado pelo IA - Instituto de Arte Contemporânea de Ouro Preto, realizado pela Secretaria Especial da Cultura e pelo Ministério do Turismo, conta com recursos da Lei Federal de Incentivo à Cultura e patrocínio da Gerdau.