ia – ia-Instituto promove curso voltado para educadores de todo o país

ia-Instituto promove curso voltado para educadores de todo o país

Nesta quinta-feira, dia 25 de março, às 19h, o ia – Instituto de Arte Contemporânea de Ouro Preto promove o curso on-line Arte Contemporânea na Escola: desafios e possibilidades. Gratuito, o curso é voltado para professores, arte-educadores e pedagogos de escolas públicas e privadas de todo o país. O curso será transmitido por meio do canal do ia no YouTube.

Ministrado pela pesquisadora, educadora, escritora e curadora Valquíria Prates, o curso oferece ferramentas para se pensar a arte contemporânea e fomentar a arte nos ensinos básico, fundamental e médio, aliando princípios pedagógicos e multidisciplinares a questões referentes à arte contemporânea.

O curso está associado ao Programa Emergencial de Residência Artística – iai, residência de caráter digital que, desde fevereiro de 2021 abriga 06 jovens artistas, com o objetivo de fomentar a arte contemporânea e o trabalho de artistas durante o isolamento social promovido pela pandemia do novo coronavírus. “A ideia é que os processos criativos dos artistas imersos no Programa Emergencial de Residência Artística sirvam como microuniverso potente para a reflexão da importância da arte contemporânea nas escolas, ampliando seu lugar de apreensão para além da disciplina de educação artística. Essa experiência vai oferecer ainda, a todos os inscritos, um material didático inédito, totalmente elaborado a partir das vivências, diálogos, reflexões e trabalhos decorrentes da residência artística em voga”, conta Valquíria, que leva em seu currículo experiências na idealização e desenvolvimento de projetos arte-pedagógicos de importantes instituições do país, a exemplo do MASP, Itaú Cultural, Museu de Arte da Pampulha, Instituto Inhotim, Fundação Bienal de São Paulo, Museu Afro (Salvador), CCBB entre outras.      

A ementa do curso Arte Contemporânea nas Escolas contempla reflexões sobre a importância da arte contemporânea nos currículos pedagógicos, tendo como referência as orientações da Base Nacional Comum Curricular de artes e linguagens, para o desenvolvimento de competências e habilidades culturais e críticas em diferentes fases da vida dos estudantes; o contato com vivências artísticas, recursos e estratégias de ensino híbrido das artes visuais nas escolas, a partir de materiais e programações artísticas desenvolvidas pela residência do ia; a análise de processos criativos, obras e pesquisas dos artistas participantes da residência; e a apresentação e estudo de conceitos e temáticas contemporâneas, destacando a pedagogia crítica, as manualidades, a diversidade, a inclusão e os embates entre o tradicional e o contemporâneo nas artes visuais, partindo de abordagens decoloniais da arte para a educação.

Até o momento, o ia já recebeu mais de 200 inscritos de todo o Brasil. As inscrições são gratuitas e ainda podem ser realizadas.

Clique aqui e faça sua inscrição.